Exposição “Energia da Língua Portuguesa” visita Guaratinguetá e Lorena em agosto

edp news

Exposição “Energia da Língua Portuguesa” visita Guaratinguetá e Lorena em agosto

quinta-feira 01, Agosto 2019

Visitante poderá se divertir numa piscina de letrinhas além de colar na pele adesivos com palavras e trechos de poemas

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, leva às cidades de Guaratinguetá e Lorena a exposição interativa sobre rodas “A Energia da Língua Portuguesa”. A mostra, que é aberta ao público e traz curiosidades sobre a nossa língua, será realizada nos dias 9 e 10 em Guaratinguetá, e 23 e 24 no município de Lorena.

Utilizando a estrutura móvel de uma carreta, a exposição conta ao todo 300 metros quadrados e permite que os visitantes conheçam mais sobre os países que falam a língua portuguesa, as peculiaridades e diferenças do português falado no Brasil e em Portugal, além de curiosidades sobre expressões comuns deste idioma, considerado o quinto mais falado do mundo. 

Desde que foi inaugurada, a ação já percorreu 18 cidades de oito estados, onde foi visitada por mais de 23 mil pessoas.  “A EDP está muito feliz por trazer novamente a exposição A Energia da Língua Portuguesa ao Espírito Santo. É uma mostra lúdica, com diversas atividades interativas que permitem ao visitante aprender mais sobre o nosso idioma enquanto se diverte”, afirma Catarina Craveiro, gestora de marketing e eventos da EDP.

No espaço à frente da mostra “A Energia da Língua Portuguesa”, o visitante poderá se divertir numa piscina de letrinhas; colar na pele adesivos com palavras e trechos de poemas, decorar painéis com carimbos e ainda curtir sessões de cinema.

Atrações:

O espaço interno do Projeto itinerante conta com várias atividades divertidas e interativas com a língua portuguesa:

  •  ‘Manifesto’: Na entrada, ficará exposto na parede como um tapete e revelará todas as ações que acontecerão no caminhão.
  •  ‘A Língua Portuguesa no Mundo, Viva a energia de estar lá: Os visitantes conhecerão as dez nações que falam a língua portuguesa por meio da cultura de cada uma. Em um visor 360°, os países poderão ser ‘visitados’. No chão, como uma rosa dos ventos, haverá o nome de cada país e, na parede, fotos e expressões curiosas deles.
  •  ‘Linha do tempo Brasil X Portugal’: Nesta estação o visitante terá oportunidade de conhecer mais sobre poemas famosos dos dois países, com acesso as informações dos autores, data, estilo, entre outras curiosidades.
  • ´Gerador de Sotaques’: O visitante pode dublar trechos de poemas com sotaque que escolher: Portugal ou outros estados do Brasil e compartilhar em suas redes sociais.
  •  ‘Uma Língua Cheia de Energia e História’: Mostrará e explicará o significado de expressões que utilizamos no dia a dia: bicho de sete cabeças; as paredes têm ouvidos; pôr a mão no fogo e tantas outras.
  •  ‘Letra por Letra’: O visitante terá que soletrar palavras da nossa língua, selecionadas aleatoriamente por uma vending machine. Se acertar, ganha um livro.
  • ‘EDP e o Museu da Língua Portuguesa’: Do Museu da Língua Portuguesa, para Vitória, de Vitória para o Museu. Um painel instalado dentro do caminhão trará fotos e informações sobre a reconstrução do Museu.
  • ‘Recite seu Poema’: Para sair do caminhão, teremos captação dos convidados recitando um poema. Esses fragmentos se tornarão um vídeo que será postado nas redes sociais da EDP.
  •  Área externa: O visitante poderá se divertir numa piscina de letrinhas; colar na pele palavras e trechos de poemas; e decorar painéis com carimbos. Além disso, contará com ambiente para leitura com estante recheada de livros, pufes e cadeiras. À noite, o painel de LED se transformará em uma tela de cinema, na qual serão exibidos os clássicos inspirados na literatura brasileira.

Apoio a Língua

A EDP é a principal patrocinadora da reconstrução do Museu da Língua Portuguesa, destruído por um incêndio em dezembro de 2015. O investimento é de R$ 20 milhões ao longo de quatro anos – o que representa 26% do orçamento da obra. A reabertura do Museu está prevista para o primeiro semestre de 2020.

A Companhia ainda anunciou recentemente o patrocínio de 12 milhões de reais para a restauração do Museu do Ipiranga, fechado desde 2013. A iniciativa será realizada por meio do apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, em um contrato com a Universidade de São Paulo (USP).

A empresa também foi apoiadora das três últimas edições da FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty e, em 2018 apoiou pelo segundo ano a Bienal do Livro de São Paulo.

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui 6 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 12 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.