EDP reforça investimento em Transmissão

edp news

EDP reforça investimento em Transmissão

quinta-feira 25, Julho 2019

Avanço de obras e aquisição de novo empreendimento no mercado secundário marcaram semestre. Capex da Companhia no período, de R$ 1,1 bilhão, triplicou em relação ao mesmo intervalo do ano passado

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, registrou Lucro Líquido de R$ 484,6 milhões no primeiro semestre de 2019, um aumento de 9,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. O EBITDA Ajustado (lucro antes de taxas, impostos, depreciação e amortização) da Companhia teve alta de 10,2% no período, somando R$ 1,2 bilhão neste primeiro semestre.

No mesmo intervalo, o investimento triplicou em relação ao ano anterior, chegando a R$ 1,1 bilhão. Em Transmissão, o avanço dos projetos segue dentro do cronograma estabelecido de antecipação das obras. Desde a contratação desses empreendimentos, R$ 1,1 bilhão já foi desembolsado, o que equivale a 29% do total programado.

O desempenho da Companhia no semestre foi marcado por acontecimentos relevantes, como a aquisição, no mercado secundário, da Litoral Sul Transmissora de Energia Ltda, detentora dos direitos de concessão do Lote Q, localizado entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul e arrematado na primeira etapa do Leilão 13/2015, em abril de 2016. O investimento da EDP foi de R$ 407 milhões, considerando o CapEx total atualizado do empreendimento e o valor de aquisição de 100% da Litoral Sul. Outro destaque do período foi o lote 24, que, após entrar em operação em dezembro de 2018, com 20 meses de antecipação, apresentou RAP (Receita Anual Permitida) de R$ 11,5 milhões no semestre.

O progresso nas obras dos lotes 11 (Maranhão) e 21 (Santa Catarina) foi um dos destaques do semestre. O lote 07, também localizado no Maranhão, acaba de obter sua licença de instalação e o lote 18, entre Minas Gerais e São Paulo, recebeu a licença prévia e tem o início da construção previsto para a segunda metade do ano.

 “Em linha com o compromisso anunciado de fazer um investimento recorde no País neste ano, a EDP vem concretizando a sua estratégia de negócio, notadamente a ampliação de sua participação no segmento de Transmissão. Paralelamente, a Empresa tem se tornado uma referência nas áreas de geração solar e soluções energéticas”, afirma Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil.

Soluções energéticas

No início do segundo trimestre, a EDP lançou a EDP Smart, marca que reúne todo o portfólio de soluções oferecidas pela Companhia para clientes empresariais e residenciais nas áreas de Comercialização no Mercado Livre, Comercialização Varejista, Eficiência Energética, Energia Solar, Mobilidade Elétrica e Serviços para o Consumidor Final.

Em junho, a divisão entregou à Multiplan, um dos principais grupos do ramo de shopping centers do País, o maior complexo de energia solar já implementado pela Empresa. Concebido na modalidade de autoprodução, o conjunto de duas usinas totaliza a capacidade de 8,33 MWp, garantindo 100% do abastecimento energético do Village Mall, centro comercial localizado no Rio de Janeiro. Segundo a Multiplan, o empreendimento proporcionará uma economia anual de R$ 5,5 milhões ao shopping.

“A criação da EDP Smart nos permite expandir as nossas atividades e explorar novos mercados com elevado potencial de crescimento. Nossa expectativa é aumentar a participação do segmento de soluções no nosso Ebitda nos próximos três anos”, afirma Miguel Setas.

Geração e Distribuição

Durante o semestre, a Receita Líquida da EDP em Geração Hídrica totalizou R$ 676,7 milhões, um aumento de 6,4%, em comparação com o primeiro semestre de 2018. O resultado foi possibilitado pelo incremento no volume de energia negociada.

Em Distribuição, também houve alta da Receita Líquida, que atingiu R$ 3,5 bilhões no semestre (desconsiderando receita de construção), uma elevação de 4,2%, em relação ao mesmo período de 2018. O volume de energia distribuída cresceu 3,8% no período, em função do aumento das temperaturas médias e do baixo volume de precipitação nas áreas de concessão da EDP São Paulo e da EDP Espírito Santo.

Inovação

Neste semestre, a EDP foi reconhecida como uma das companhias mais inovadoras do Brasil. Em estudo realizado pelo jornal Valor Econômico em parceria com a consultoria Strategy&, a Companhia ficou em segundo lugar entre as empresas do setor elétrico e, no ranking geral, subiu 37 posições, saltando da 77ª para a 41ª posição entre 2018 e 2019. 

Estrutura de capital

Com foco em otimizar sua estrutura de capital, a EDP alcançou uma alavancagem consolidada de 2,0 x Dívida Líquida/EBTIDA ajustado, desconsiderando os efeitos não recorrentes dos últimos 12 meses, alicerçando a Companhia na sua rota de crescimento sólido e sustentado.

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Geração, Distribuição, Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, e atende cerca de 3,5 milhões de clientes pelas suas Distribuidoras em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, tornou-se a principal acionista da CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.