Dia Mundial da Energia: EDP reforça orientações de utilização consciente

edp news

Dia Mundial da Energia: EDP reforça orientações de utilização consciente

quarta-feira 29, Maio 2019

A data de 29 de maio marca a importância do consumo eficiente da energia

O Dia Mundial da Energia, celebrado em 29 de maio, foi criado em 1981 com o intuito de motivar a conscientização civil e política sobre a importância do uso eficiente da energia. As boas práticas podem começar pela mudança de pequenos hábitos cotidianos, com o objetivo de combater o desperdício e, consequentemente, contribuir com o meio ambiente e economizar na conta de luz.

Por isso, a EDP, por meio das suas distribuidoras de energia elétrica do Espírito Santo e São Paulo, reforça orientações para a utilização eficiente da energia:

Chuveiro

O aproveitamento de resistência queimada e emendas de fiação, além de trazer risco à segurança, podem acarretar em aumento de consumo de energia. Nos dias frios, o tempo do banho deve ser o menor possível (de cinco a oito minutos), já que o chuveiro utilizado na posição "inverno" consome cerca de 30% a mais.

Refrigerador ou freezer

O aparelho deve ser protegido dos raios solares e mantido o mais afastado possível do calor do fogão. Além disso, alimentos quentes não devem ser guardados dentro da geladeira, isso faz com que o motor do equipamento tenha de trabalhar por mais horas.

A borracha de vedação da porta deve estar sempre em bom estado, evitando a fuga de ar frio. Nunca utilize a parte traseira do refrigerador para secar panos e roupas e, caso o equipamento tenha mais de dez anos, comece a pensar na possibilidade de substituí-lo. Os equipamentos novos são mais eficientes e econômicos.

Iluminação

Mais duráveis e econômicas, a lâmpada de LED é uma excelente opção para a iluminação e a substituição das peças antigas pode começar nos ambientes de maior utilização. Além disso, lembre-se de apagar as luzes quando sair do local, se possível, ilumine o ambiente utilizando a luz do sol, abrindo bem janelas, cortinas e persianas.

O teto e paredes internas pintadas com cores claras refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial.

Ferro elétrico

O equipamento pode sobrecarregar a rede elétrica se não utilizado em uma tomada dimensionada para sua potência. Para reduzir seu consumo de energia, o ideal é passar todas as roupas de uma vez só e começar com as peças mais finas que demandam menor temperatura.

Instalações internas

A fuga de corrente é uma das grandes causas do desperdício de energia e, consequentemente, do aumento na conta de luz. Emendas de fios feitas de forma incorreta, conexões frouxas, fios desencapados ou com isolamento comprometido pelo tempo podem ocasionar sobreaquecimento da rede e a chamada fuga de corrente. Além disso, traz risco de curto-circuito e até incêndio.

Aquisição de novo aparelho

O Selo Procel classifica os equipamentos brasileiros com a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), instituída pelo Inmetro. A classificação varia de “A” (mais eficiente) a “E” (menos eficiente). Quanto maior sua eficiência, o consumo de energia é menor, trazendo melhor contribuição para a preservação do meio ambiente e economia na conta de luz.

É importante ter em mente que equipamentos eficientes são mais exigentes em relação à rede elétrica que os abastece, por isso, manter a fiação interna em equilíbrio é essencial.

Para obter mais dicas sobre consumo consciente, acesse: http://www.edp.com.br/seliganoconsumo