edp news

EDP patrocina instalação de 60 postes de energia solar em Vila Velha (ES)

Terça-feira 07, Janeiro 2020

Em parceria com o projeto Litro de Luz Brasil, a ação beneficiará cerca de 1.200 pessoas da comunidade de Nova Jabaeté

Nos próximos dias 14 e 15 de dezembro, a EDP, por meio do Instituto EDP, em parceria com o projeto Litro de Luz Brasil, realizará a instalação de 60 postes de energia solar na comunidade de Nova Jabaeté, em Vila Velha, no Espírito Santo.

O Litro de Luz Brasil é uma organização social que atua levando luz elétrica a comunidades de baixa renda, não cobertas pela rede convencional de distribuição de energia. A solução de iluminação pública é composta de canos de PVC, uma bateria que armazena a energia captada durante o dia, e uma lâmpada de LED protegida por uma garrafa PET.

A instalação dos postes será feita por 50 voluntários da EDP, além de voluntários do Projeto e moradores da própria comunidade. A ação terá início no sábado, na Rua Projetada A, seguindo até a Avenida França. No domingo, o trabalho acontece na Rua da Paz até a Rua Ernesto Brito.  De acordo com a Associação Dos Moradores do Parque Residencial Nova Jabaeté, 1.200 pessoas serão beneficiadas.

O loteamento da comunidade de Nova Jabaeté não era considerado regular pelos órgãos públicos, razão pela qual a região não era alcançada pela rede de distribuição de Vila Velha. No fim do ano passado, a comunidade foi reconhecida como área de interesse social. Com isso, a partir de agora, o bairro irá receber a rede de distribuição de energia, com a instalação de poste padrão para as casas, construção de rede de distribuição em média tensão, posteamento, entre outras medidas técnicas para um serviço seguro e com a máxima qualidade.

Enquanto essas obras são executadas, a distribuidora vai oferecer para comunidade a solução de iluminação pública idealizada pelo projeto Litro de Luz. “Essa ação faz muito sentido para nós. A EDP, por meio do Instituto EDP, tem como objetivo ajudar na melhoria de qualidade de vida da população, seja pela educação, lazer ou esporte. No Instituto EDP, acompanhamos de perto como esse tipo de ação envolve e melhora a vida das pessoas e da comunidade. Seguimos com o nosso compromisso com o desenvolvimento do Estado e com a nossa meta de usar nossa energia para cuidar sempre melhor”, afirma João Brito Martins, diretor da EDP no Espírito Santo.

A eletrificação traz diversos benefícios, como mais segurança para andar à noite, aumento do potencial de comércio e atividades de lazer noturnas. Mas, além de iluminar as localidades, o projeto Litro de Luz busca empoderar os moradores participantes, incentivando a participação de todos como agentes de transformação da própria comunidade.

“Por meio dessa parceria, expandimos nossa atuação para o Espírito Santo, o que significa mais um passo importante na trajetória da organização no Brasil”, explica Laís Higashi, presidente do Litro de Luz Brasil.

Investimentos no Espírito Santo

A EDP segue apostando e melhorando sua estrutura no estado. Nos últimos cinco anos, cerca de R$ 1,3 bilhão foi investido no Espírito Santo. Só em 2019 foram mais de R$ 300 milhões aplicados em melhorias na rede elétrica. Entre as obras realizadas, estão a ampliação e construção de duas subestações, em Afonso Cláudio e Domingos Martins, bem como a construção e recapacitação de linhas de distribuição de alta tensão, acrescentando ao sistema 75 MVA de potência instalada e 255 km de novas linhas e redes.

Visando promover o uso racional e seguro da energia elétrica, a EDP possui projetos nas áreas de Eficiência Energética e Pesquisa e Desenvolvimento para conscientizar as comunidades sobre o uso consciente da energia elétrica. Entre 2010 e 2018, essas ações receberam mais de R$ 93 milhões e atenderam mais de 480 mil clientes. Até o fim de 2019, esse investimento ultrapassará R$ 13 milhões.

No âmbito social, neste ano diversos projetos voltados para áreas como educação, saúde, esporte e geração de renda integraram a lista de inciativas apoiadas pelo Instituto EDP, organização que gere os investimentos socioambientais do Grupo EDP no Espírito Santo. Em 11 anos, mais de R$ 13,6 milhões foram destinados a ações sociais no Estado.

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Geração, Distribuição, Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, e atende cerca de 3,5 milhões de clientes pelas suas Distribuidoras em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, tornou-se a principal acionista da CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 14 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Sobre o IEDP

Desde que foi fundado em 2008, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2018,  iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 80 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.  

Sobre o Litro de Luz

Desde 2014, o Litro de Luz já impactou a vida de mais de treze mil brasileiros por meio de soluções ecológica e economicamente sustentáveis para combater a falta de iluminação nas cinco regiões do país. Criado nas Filipinas, em 2011, o movimento global Liter of Light surgiu inspirado na solução que o mecânico brasileiro Alfredo Moser criou em 2002 para solucionar a falta de luz dentro de casa, composta por garrafas pet abastecidas com água e alvejante, que equivalem a uma lâmpada de 60 watts.

Atualmente, a organização está presente em mais de 15 países e já impactou a vida de milhões de pessoas, além de ter recebido importantes premiações como o World Habitat Awards, da ONU, e o Zayed Energy Prize, considerado o Prêmio Nobel de energia sustentável.