edp news

EDP realiza entrega de cartões de alimentação aos moradores de Nova Venécia

Segunda-feira 06, Julho 2020

Ação faz parte do edital EDP Solidária – Covid 19, que visa minimizar os impactos causados pela pandemia em comunidades vulneráveis do estado

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, por meio do Instituto EDP e em parceria com a ONG Voluntários do Bem, irá entregar 167 cartões de alimentação à população de Nova Venécia, Norte do Estado. A ação ocorre no dia 06 de julho na sede da Crás, localizada à AvenidaSão Paulo, 465, Bairro Nova cidade – Distrito Boa Esperança, das 13h às 15h, e no Ginásio de esportes, localizado à Rua Presidente Costa e Silva, das 15h às 17h. E no dia 07 de julho na Igreja São Jorge, localizada à Rua Valderedo Farias, das 09h às 11 e na Pastoral da Criança, localizada à Rua Jasmin S/N, das 13h às 15h.

Com um investimento de R$ 55 mil reais, estima-se que cerca de 167 famílias da região serão beneficiadas pelo Projeto Bem Maior, durante três meses. Além disso, o comércio local também será impactado pela iniciativa, já que com o uso do cartão de alimentação pelas famílias para compra dos suprimentos básicos e cuidados com a higiene na região, ocorrerá o impulsionamento da economia aos comerciantes da região.

“Optamos por esse tipo de benefício às famílias para dar a elas maior poder de escolha sobre as reais necessidades que cada uma está vivendo no momento e, com a distribuição dos cartões, a EDP irá contribuir ainda para o comércio da região, que também foi bastante impactado pela pandemia”, comenta Fernando Saliba, diretor da EDP no Espírito Santo.

Além dos cartões de alimentação, no início desta semana, os moradores de Nova Venécia receberam 35 cestas básicas entregues pela ONG Voluntários do Bem em parceria com o Instituto EDP.

No edital EDP Solidária – Covid 19, a EDP optou por dedicar exclusivamente ao Espírito Santo R$ 550 mil dos R$ 2,1 milhões previstos pelo edital para apoiar iniciativas de todo o Brasil.  No mês de março, a EDP realizou uma doação de R$ 1 milhão à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim para a compra de insumos de proteção individual, equipamentos e medicamentos para o atendimento a pacientes da Covid-19.

Os recursos do edital estão sendo repassados pelo Instituto EDP às entidades responsáveis pelos 11 projetos selecionados e vão beneficiar diretamente cerca de 1.800 famílias em comunidades carentes. Nesta primeira fase, foram priorizados os projetos voltados à assistência social, alimentação e itens de higiene pessoal.

 O edital recebeu mais de 600 projetos de todos os Estados brasileiros em pouco mais de dez dias. A escolha dos projetos teve a participação de um comitê externo formado por Carlo Pereira, diretor-executivo do Pacto Global no Brasil, e Regina Esteves, diretora-presidente da organização social Comunitas e foi auditado pela EY.

Conheça os projetos selecionados no Espírito Santo

Tabela Projetos Es

Sobre o IEDP

Desde que foi fundado em 2009, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de 3 milhões de pessoas em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2019, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 82 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 14 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.