edp news

TIM amplia geração de energia solar em SP com duas novas usinas em parceria com EDP

Quarta-feira 23, Dezembro 2020

Cooperação garante fornecimento de energia renovável a 237 sites da TIM no estado, a partir do Vale do Paraíba

A TIM anuncia, em parceria com a EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, duas novas usinas solares para o estado de São Paulo. Localizados em Taubaté (SP), os empreendimentos devem gerar 3,7 Gwh/ano à operadora, o suficiente para abastecer cerca de 2.580 residências e garantir o fornecimento de energia renovável a 237 lojas da operadora. O projeto ainda beneficia o meio-ambiente, já que evitará a emissão de 465 toneladas de dióxido de carbono por ano, o equivalente ao plantio de 2.853 árvores.

 

A iniciativa faz parte do Plano Nacional de Geração Distribuída da TIM Brasil, iniciado em 2017 e que hoje conta com  24 usinas de energia solar, hídrica e biogás em operação, em 21 estados. Até 2012 serão, ao todo, 60 usinas com geração mensal de 38 GWh de energia, o suficiente para abastecer uma cidade com 150 mil habitantes. Somente neste ano, a TIM ativou 10 usinas solares no Brasil. Para Bruno Gentil, Chief Business Support Officer da TIM Brasil, esta é uma importante iniciativa da empresa, alinhada à sólida atuação em ESG (Environmental, Social & Governance) da operadora: “Fontes de energia renováveis são essenciais no projeto de geração de energia da TIM. A parceria com a EDP vem de encontro à crescente demanda por formas alternativas. Acreditamos que este é um trabalho a longo prazo, e estamos felizes em ter a EDP como parceiro que também pensa no futuro”.

 

Com a entrega das usinas fotovoltaicas para a TIM, a EDP chega a 58,9 MWp em projetos de energia solar – 30,8 MWp em desenvolvimento e 28,1 MWp já instalados  para clientes como Banco do Brasil, Multiplan e Grupo Globo. “Mesmo com o cenário de pandemia, a EDP segue concluindo seus projetos, mantendo o compromisso com a excelência pela qual é reconhecida no mercado. O novo complexo entregue para a TIM, um dos maiores players do mercado de telecomunicações brasileiro, reforça a credibilidade conquistada pela EDP no segmento de energia solar”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de Estratégia e Novos Negócios da EDP no Brasil.

 

 

 

Características técnicas do empreendimento

 

  • Localização: Taubaté – SP
  • Capacidade instalada: duas usinas Fotovoltaicas com potência de 2,049                                                                                              MWp e 1,871 MWp, totalizando 3,92 MWp
  • Módulos: 11.880 da RISEN 330Wp - RSM72-6-330P (330W)
  • Inversores: 19 da HUAWEI SUN2000-185KTL (175kW)
  • Geração: 6.196 MWh/ano, o suficiente para abastecer 2.581 residências (considerando um consumo anual por residência de 2.400kWh/ano)
  • Dióxido de carbono evitado: 465 toneladas por ano
  • Árvores: equivalente ao plantio de 2.853 árvores

 

Mercado de energia solar

 

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), em 2020 o Brasil ultrapassou a marca de 7 gigawatts (GW) de potência instalada na fonte solar fotovoltaica, sendo quase 3 GW em geração centralizada e pouco mais de 4 GW na geração distribuída. Desde 2012, já foram investidos mais de R$ 35,4 bilhões no setor, que gerou 210 mil novos empregos e arrecadação de R$ 10,4 bilhões em tributos. A utilização da fonte energética evitou a emissão de mais de 1,1 milhão de toneladas de CO2 na atmosfera.

 

Na geração distribuída, o País possui 3,7 gigawatts de potência instalada da fonte solar fotovoltaica, que representam mais de R$ 15 bilhões em investimentos desde 2012, espalhados pelas cinco regiões nacionais. Já em geração solar centralizada, são 3,0 GW de potência instalada, o equivalente a 1,7% da matriz elétrica brasileira. Os investimentos totais previstos até 2025 referentes aos projetos já contratados em leilões de energia ultrapassam R$ 25,8 bilhões.

 

Sobre a TIM

 

“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM, que atua em todo o Brasil com serviços de telecomunicações, focada nos pilares de inovação, experiência do cliente e agilidade. A empresa é reconhecida por liderar movimentos importantes do mercado desde o início de suas operações no país e está à frente da transformação digital da sociedade, em linha com a assinatura da marca: "Imagine as possibilidades". É, desde 2015, líder em cobertura 4G no Brasil, conectando, inclusive o campo, para viabilizar a inovação no agronegócio. Foi pioneira na ativação de redes 5G no país, com a criação dos Living Labs em 2019, e está pronta para a próxima geração de redes móveis.

A TIM valoriza a diversidade e promove uma cultura sempre mais inclusiva, com um ambiente de trabalho pautado no respeito. A companhia é a única do setor de telecomunicações a integrar o Novo Mercado da B3, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, além de estar há 13 anos seguidos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), sendo operadora por mais períodos consecutivos nesta carteira. Também é a primeira empresa de telefonia reconhecida pela Controladoria-Geral da União (CGU) com o selo "Pró-ética", iniciativa que existe com o objetivo de promover um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente.

Para mais informações, acesse: https://www.tim.com.br

 

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em Governança e Sustentabilidade, estando há 15 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Siga a EDP em: Site | LinkedIn