EDP constrói usina solar para a Globo em Recife (PE)

edp news

EDP constrói usina solar para a Globo em Recife (PE)

segunda-feira 29, Julho 2019

Instalação vai gerar 269.385 kWh por ano, o suficiente para abastecer 90 residências por mês. Projeto evitará a emissão de 498,4 toneladas de CO2, o equivalente ao plantio de mais de 3 mil árvores

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, por meio da EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da Companhia, está construindo uma usina solar para a Globo em Recife (PE). A instalação vai gerar cerca de 269.385 kWh por ano, energia capaz de atender mensalmente 90 residências com o consumo médio de 250kWh/mês ou 3.000 kWh por ano.

Composta por 468 módulos fotovoltaicos, a planta foi instalada sobre o estacionamento central da emissora, em uma área de aproximadamente 1.000 metros quadrados. A energia gerada durante o período de 25 anos, vida útil da usina, vai evitar que 498,4 toneladas de CO2 sejam lançadas na atmosfera, o equivalente ao plantio de 3.054 árvores. Essa estrutura fotovoltaica, conhecida tecnicamente como carport, é a primeira solução solar adquirida pela Globo na Região Nordeste.

“A assinatura deste contrato com a Globo reflete a credibilidade que a EDP tem conquistado no mercado brasileiro e ajuda a consolidar nosso pioneirismo em projetos de energia solar”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de Estratégia e Novos Negócios da EDP no Brasil.

“A implantação da usina solar segue a tendência de inovação que a Globo vem adotando como premissa para novos projetos e está alinhada com o objetivo de aumentarmos o nosso fornecimento de energia com base em fontes renováveis. Os desafios encontrados durante a execução certamente servirão de aprendizagem para novos projetos de mesma natureza”, afirma Thiago Lacerda, diretor de Manutenção e Operação da Globo.

A EDP Smart, que possui uma unidade dedicada à implementação de empreendimentos solares de autoprodução e geração distribuída, será a responsável pela operação e manutenção (O&M) do sistema implementado no escritório de Recife, por um período de 15 anos na modalidade de aluguel.

Características técnicas da usina solar em Recife

  •    468 módulos de 330Wp (Potência CC: 154kWp)
  •    2 conjuntos de estrutura Carport
  •    Geração de energia mensal: 22.448,75 kWh (média)
  •    Geração de energia anual: 269.385,00 kWh

Foco em soluções de energia

Entre 2017 e 2018, a EDP negociou 15 projetos de energia solar com aproximadamente 25 MWp de capacidade contratada. Um deles é uma usina com 15 mil painéis fotovoltaicos e 5,6 MWp para atender 88 agências do Banco do Brasil, em Minas Gerais. A iniciativa permitirá uma economia de cerca de R$ 82 milhões em um período de 15 anos para o banco.

A Empresa ainda executou uma das maiores instalações do Brasil de cobertura fotovoltaica, com capacidade instalada de 1,33 MWp, implementada no telhado do ParkShopping Canoas, da Multiplan, no Rio Grande do Sul.

Recentemente, a EDP anunciou a inauguração do maior complexo de energia solar já implementado pela Empresa, composto por duas usinas que totalizam 8,33 MWp em Itacarambi, norte de Minas Gerais, para fornecer 100% da energia consumida pelo VillageMall, centro comercial localizado no Rio de Janeiro. Segundo a Multiplan, o empreendimento, com área de 240 mil metros quadrados, o equivalente a 24 campos de futebol, proporcionará uma economia de R$ 55 milhões ao longo de 10 anos.

Mercado de energia solar

A energia solar já ocupa a sétima posição como maior fonte de energia no Brasil, com o total de 2.819 MW de potência instalada operacional, o equivalente a 1,2% da matriz energética nacional, superando a fonte nuclear, com 1.990 MW.

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Pernambuco é o 10º estado que mais tem aproveitado essa fonte de energia renovável, com 20,8 MWp de capacidade em projetos de geração distribuída.

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Geração, Distribuição, Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, e atende cerca de 3,5 milhões de clientes pelas suas Distribuidoras em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.