Capital Social e de Relacionamento

sustentabilidade

Capital Social e de Relacionamento

A EDP investe na gestão da reputação, da marca, do relacionamento com as comunidades, clientes e fornecedores.

Engajamento com Stakeholders

A EDP Brasil busca de forma contínua a cooperação e o diálogo com seus stakeholders para garantir o desenvolvimento sustentável da Companhia e de seus parceiros.

Em sua Política de Gestão de Stakeholders, mantem o compromisso de dialogar continuamente com todas as partes interessadas. Visando a construção de relações de confiança, disponibiliza canais para consulta e comunicação com seus stakeholders para permitir que conhecimento e informações sejam compartilhados, identificando possíveis oportunidades de cooperação.

O mapeamento dos públicos de interesse da EDP Brasil segue o modelo global de segmentação de stakeholders. Em sinergia com as demais empresas do Grupo, os públicos de relacionamento são mapeados com base na norma de Gestão Global de Stakeholders e na Norma Accountability AA1000, modelo dividido em quatro grandes grupos: Mercado, Democracia, Organização Social e Territorial e Cadeia de Valor.

Clientes

“Cliente: nossa razão de ser” é um dos princípios que integram a cultura organizacional da EDP Brasil. Seu propósito maior é levar a energia para cuidar sempre melhor de seus 8,8 milhões de clientes de sua área de concessão.

Com o objetivo de aumentar a satisfação com o serviço e reduzir os índices de reclamações, a EDP possui grupos de trabalho multidisciplinares para analisar as demandas apresentadas pelos clientes e as tendências do mercado. As ações de melhoria contínua envolvem medidas de combate às perdas e implementação de novas tecnologias de atendimento. Nesse aspecto, destacam-se os serviços digitais, como a Agência Virtual e o Aplicativo EDP, único do segmento que disponibiliza chat com atendentes para obtenção de informações e esclarecimentos de dúvidas.

Para mensurar a satisfação de nossos clientes, utiliza pesquisas anuais e bianuais realizadas por instituições credenciadas, como a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) e a própria ANEEL.

Comunidades

A EDP Brasil busca constantemente o engajamento da comunidade nos processos de construção e operação de seus ativos de Geração e Distribuição. Realiza pesquisas e estudos locais, reuniões com redes de lideranças comunitárias e representantes de ONGs, audiências públicas, visitas às instalações, além de disponibilizar canais de contato via redes sociais (Facebook, Twitter), assessoria de imprensa e canais de comunicação (0800 e escritórios locais).

As distribuidoras, EDP São Paulo e EDP Espírito Santo, têm parcerias com as prefeituras para incentivar o cadastro dos clientes na Tarifa Social, ajudando a reduzir a inadimplência. A Tarifa Social, programa estabelecido pela Lei Federal nº 12.212/2010, consiste em descontos na conta de energia para famílias com renda mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional.

A EDP também preza pelo desenvolvimento sustentável das comunidades locais. Nesse sentido, executa as ações exigidas nos programas das licenças dos empreendimentos, atendendo aos programas criados pelo órgão regulador para melhorar ou manter o acesso à eletricidade e aos serviços de assistência ao consumidor. Além disso, incentiva o empreendedorismo e o voluntariado por meio de iniciativas próprias coordenadas pelo Instituto EDP (IEDP), que atua como uma plataforma de relacionamento colaborativa com iniciativas direcionadas à educação, desenvolvimento local, meio ambiente e inovação social, favorecendo tanto a comunidade quanto o negócio.

Uso seguro de energia

“A vida sempre em primeiro lugar” é o princípio que orienta todas as operações da EDP Brasil. Por isso, empreende diversas campanhas para orientar a população sobre o uso seguro da energia elétrica, atuando na prevenção de acidentes com a comunidade.

Abordando temas como empinar pipas em locais e com materiais inadequados e prevenção para acidentes com descargas elétricas em dias de chuvas, leva informações que visam à segurança de seus clientes por meio de rádios, jornais e TVs, contas de luz, website e redes sociais, além dos murais digitais e folhetos disponíveis nas lojas de atendimento.

Fornecedores

A EDP Brasil conta com fornecedores de materiais e prestadores de serviços para todos os segmentos – Geração, Transmissão, Distribuição, Comercialização, Serviços em Energia e áreas administrativas. Sempre que possível, são priorizadas empresas locais, de forma a contribuir para o desenvolvimento econômico no entorno das operações.

O modelo de gestão de fornecedores cobre desde o cadastro na base até o monitoramento e o desenvolvimento dos parceiros da EDP. O relacionamento com os fornecedores inicia-se na etapa de registro, quando as empresas cadastram seus dados e portfólios no site da EDP Brasil. As informações são avaliadas por organização independente, que verifica regularidade tributária, ambiental e social com os órgãos governamentais, além de aspectos de responsabilidade socioambiental. Somente após essa aprovação é que a EDP pode selecionar o possível fornecedor.

Os escolhidos são então segmentados de acordo com critérios de riscos socioambientais e com base na complexidade e impacto de suas operações para o negócio. Posteriormente, são classificados entre qualificados, especializados, parceiros e aliados.

Durante o período contratual, os parceiros comerciais são avaliados por meio do Índice de Desempenho de Fornecedores (IDF), que considera desempenho em performance, inovação e sustentabilidade, consolidando e divulgando os resultados por trimestre. Anualmente, todos os fornecedores que compõem o IDF são avaliados por auditoria independente.