princípios e políticas

OBJETIVO

Formalizar os compromissos da EDP Brasil e estabelecer diretrizes e orientações, com relação à:

  • Integração dos princípios de desenvolvimento sustentável nos processos de todas as áreas dentro da organização, otimizando o desempenho e gerando valor compartilhado;
  • Gestão ambiental da empresa assegurando operações ambientalmente responsáveis, considerando os impactos de nossas atividades ao longo da cadeia de valor sobre a biodiversidade e serviços ecossistêmicos, o uso sustentável dos recursos naturais e as alterações climáticas;
  • Estabelecer princípios inerentes à gestão de riscos à saúde e segurança do trabalho;
  • Gestão de ativos intangíveis, visando a geram de valor compartilhado e diferencial ao core business da organização, considerando os capitais humano, social, ambiental e intelectual.

 

PRINCÍPIOS DE ATUAÇÃO

  1. Princípios de desenvolvimento sustentável

Fundamentada na Visão de ser “Uma empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade”, e alinhada com os Princípios de Desenvolvimento Sustentável da organização, a EDP Brasil se compromete a:

      A. Valor econômico e social

  • Criar, de forma continuada, valor para os acionistas.
  • Aumentar a eficiência na utilização dos recursos e reduzir a exposição ao risco.
  • Contribuir para a melhoria da competitividade, nomeadamente através da prestação de serviços de excelência e da antecipação das expectativas e necessidades dos clientes.
  • Integrar os aspetos ambientais e sociais nos processos de planejamento e de tomada de decisão, incluindo investimentos e atividades da empresa e sua cadeia de valor, em especial na fase de concepção e desenvolvimento de projetos, alterações das condições de trabalho já existentes, nos fornecedores críticos e nos clientes.
  • Contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações.

      B. Ecoeficiência e proteção ambiental

  • Promover a utilização das fontes de energia renováveis e de tecnologias energéticas mais limpas e eficientes.
  • Promover a melhoria da eficiência energética no consumo.
  • Gerir os impactos das atividades, na procura de um balanço ambiental positivo e assim avaliar, controlar, mitigar e compensar os impactos socioeconômicos e ambientais dos projetos e atividades da organização com destaque para os temas resíduos e mudanças climáticas, adequando-se a normas internacionais de responsabilidade social corporativa.
  • Aumentar a eficiência operacional e estabelecer, sempre que aplicável, metas de redução ou de melhoria na eficiência relacionadas à preservação da biodiversidade e serviços ecossistêmicos, uso eficiente de recursos naturais e energia, emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), resíduos e efluentes.
  • Contribuir ativamente para a preservação do ambiente da biodiversidade.
  • Promover a melhoria das práticas de gestão ambiental na cadeia de valor.

      C. Inovação

  • Apoiar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PDI) que contribuam para geração de valor e redução dos impactos negativos das operações da empresa, e que estejam pautados nos conceitos de redes inteligentes, energias limpas, soluções focadas nos clientes, armazenamento de energia, tecnologias de processamento de dados e eficiência operacional.
  • Fomentar o empreendedorismo através de iniciativas voltadas para o ecossistema empreendedor.
  • Promover o intraempreendedorismo na EDP Brasil por meio de programas focados na disseminação da cultura de inovação e novas formas de trabalho.
  • Promover a inovação e a criatividade, na procura de novas oportunidades de mercado e na melhoria dos processos.
  • Promover práticas colaborativas em todas as fases de concepção, produção e entrega de serviços.
  • Promover a investigação e o desenvolvimento tecnológico e a gestão do conhecimento, no domínio da energia.  

      D. Integridade e boa governança

  • Cumprir a legislação e os padrões éticos e deontológicos estabelecidos.
  • Respeitar e promover o respeito pelos direitos humanos, na nossa esfera de influência.
  • Assegurar uma governança dos negócios, participativa, competente e íntegra.
  • Adotar melhores práticas do mercado com relação à ética, direitos humanos, governança corporativa, combate à corrupção e outros atos ilícitos, mantendo práticas de reporte e prestação de contas diversificadas e integradas para acionistas, clientes e outros membros da cadeia de valor.

      E. Transparência e diálogo

  • Garantir um relacionamento aberto e de confiança com as partes interessadas.
  • Promover canais de consulta e comunicação com as partes interessadas, levando em consideração os seus contributos e expectativas.
  • Relatar de forma transparente e objetiva do desempenho económico, ambiental e social.

      F. Capital humano e diversidade

  • Promover a integridade, o rigor, a responsabilidade individual e o trabalho em equipe, favorecendo a diversidade.
  • Promover o desenvolvimento das competências dos colaboradores e reconhecer a excelência e o mérito.
  • Melhorar as condições de saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores.
  • Reprovar práticas abusivas e discriminatórias, garantindo a igualdade de oportunidades.
  • Promover a satisfação e a motivação dos colaboradores.

      G. Acesso à energia

  • Promover o acesso à energia, de forma fiável, segura e com qualidade.
  • Adaptar as políticas comerciais às especificidades de natureza social do mercado.
  • Garantir a equidade no acesso à energia e aos sistemas energéticos.

       H. Desenvolvimento social e cidadania

  • Promover a inovação social, maximizando o impacto social positivo da atividade.
  • Apoiar iniciativas de responsabilidade social com base em critérios transparentes de avaliação do retorno social dos recursos investidos.
  • Cooperar no desenvolvimento sustentável das sociedades.

 

      2. Meio ambiente

A EDP Brasil, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, reconhece que o meio ambiente e uso sustentável dos recursos naturais são essenciais para a sustentabilidade das operações do Grupo. Por isso, atua promovendo o respeito ao meio ambiente, em busca de um desenvolvimento sustentável, e estabelece os seguintes compromissos relativos à melhoria contínua da gestão ambiental e a diminuição dos impactos de suas atividades:

  • Garantir o atendimento aos requisitos legais quanto à legislação ambiental vigente e a não autorização de realização de quaisquer atividades potencialmente poluidoras sem as devidas autorizações e controles necessários;
  • Identificar e monitorar os aspectos e impactos ambientais e estabelecer controles para aspectos e riscos significativos;
  • Gerenciar os riscos ambientais visando a sua eliminação, redução e controle antecipado, prevenindo incidentes, acidentes e passivos ambientais e/ou materiais e garantindo a comunicação dos riscos e respectivas medidas de mitigação;
  • Promover o uso de tecnologias e processos que contribuam para a proteção do meio ambiente e a prevenção a poluição ambiental, e que contribuam para o uso racional de recursos naturais e a redução de emissões, resíduos e efluentes;
  • Demonstrar o compromisso com a melhoria contínua dos processos de meio ambiente, baseada no estabelecimento e revisão de objetivos, metas e planos de ação periódicos;
  • Promover iniciativas que visem à disseminação do conhecimento sobre o uso eficiente dos recursos ambientais e serviços ecossistêmicos, emissões de GEE e consequências das mudanças climáticas, além de suas implicações para o negócio da empresa;
  • Identificar riscos e oportunidades e implementar medidas com vista melhoria da qualidade ambiental dos locais onde está inserida, a minimização e a mitigação dos impactos ao meio ambiente e às mudanças climáticas e adaptação a seus efeitos;
  • Assegurar a investigação de acidentes ambientais, identificando a sua causa e determinando ações capazes de prevenir a sua repetição;
  • Promover processos formais de comunicação, de consulta e envolvimento de partes interessadas, relacionadas aos impactos causados ao meio ambiente;
  • Contribuir para adoção de melhores práticas na cadeia de valor, através do estabelecimento de procedimentos específicos, em especial para etapas críticas da cadeia;
  • Manter um ambiente de liderança percebida em meio ambiente, de modo que todos os colaboradores sejam estimulados a um comportamento sustentável.

      A. Uso eficiente de recursos

A EDP Brasil entende que o uso sustentável dos recursos naturais disponíveis é de extrema importância para a empresa e para a sociedade e se compromete a:

  • Promover a utilização eficiente dos recursos naturais nas suas atividades e no quadro de uma economia circular, em particular:
    • No uso e na gestão sustentável da água em todos os processos, operações e instalações da empresa.

      B. Mudanças climáticas

A EDP Brasil acompanha de perto as normativas internacionais e nacionais sobre alterações climáticas e seus impactos em suas operações e compromete em:

  • Apoiar e incentivar projetos, produtos e serviços que possibilitem a redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e promovam benefícios sociais e ambientais na cadeia de valor, abrangendo medidas de educação e investimento em equipamentos e novas tecnologias;
  • Promoção da eficiência energética interna e junto aos fornecedores parceiros no consumo final.
  • Disponibilização de produtos e serviços de baixo carbono aos seus clientes.

      C. Biodiversidade e serviços ecossistêmicos

A EDP está ciente da sensibilidade dos ecossistemas naturais e das pressões a que estão sujeitos, bem como do valor intrínseco das iniciativas que visam à proteção da biodiversidade. Dessa forma, estabelece os compromissos relativos à biodiversidade e serviços ecossistêmicos e à gestão dos impactos de suas atividades e ao longo de sua cadeia de valor.

A EDP Brasil, objetivando ter um papel ativo na conservação e preservação da biodiversidade e na minimização de seus impactos, compromete-se a:

  • Integrar a avaliação dos impactos na biodiversidade nas unidades de Distribuição, Transmissão, Comercialização e Geração nas atividades de planejamento, construção e operação;
  • Contribuir para evitar ou reduzir a perda de biodiversidade, minimizando os impactos negativos decorrentes de sua atividade, privilegiando uma gestão dinâmica, abrangente, localmente participada e de visão de longo prazo, ambicionando um balanço globalmente positivo;
  • Promover uso adequado dos serviços ecossistêmicos e dos recursos naturais e apoiar iniciativas de conservação da natureza e de valorização da biodiversidade, considerando as características culturais e regionais;
  • Contribuir para aprofundar o conhecimento científico sobre os diferentes aspectos da biodiversidade, designadamente através do estabelecimento de parcerias;
  • Divulgar regularmente e de maneira transparente o seu desempenho em matéria de biodiversidade.

       3. Segurança e saúde do trabalho

Nos empreendimentos da EDP Brasil, nenhuma tarefa é tão importante ou urgente que deverá ser executada sem segurança. Acreditamos que todo o acidente ou doença ocupacional são passíveis de prevenção e incentivamos o comprometimento de todos os colaboradores neste princípio, considerando:

  • A liderança como promotora da gestão de Segurança;
  • Nenhuma situação ou urgência de serviço pode justificar pôr em perigo a vida de alguém;
  • Assegurar um ambiente de trabalho seguro e saudável, garantindo o cumprimento da legislação como nível mínimo de adequação;
  • Promover o conhecimento e informação dos colaboradores sobre os riscos inerentes às atividades, sensibilizando-os para o cumprimento das normas de segurança;
  • Proporcionar a consulta e participação dos trabalhadores no reconhecimento prévio, controle e redução de todos os riscos associados aos processos, assim como a eliminação dos perigos;
  • Buscar a melhoria contínua na área de Segurança com o envolvimento de todos os níveis de gestão e o apoio de todos os colaboradores, parceiros de negócio, fornecedores e stakeholders.

      4. Qualidade

A EDP Brasil, empresa que atua em toda a Cadeia de Valor do setor elétrico, reconhece que a qualidade do serviço prestado é essencial para a sustentabilidade das operações do Grupo. Por isso, estabelece como seus compromissos:

  • Cumprir as exigências de nossos clientes e parceiros de modo a satisfazer as suas necessidades e expectativas com a oferta de serviços e produtos de reconhecida qualidade, melhorados continuamente e com o custo competitivo dentro dos padrões do mercado onde atua;
  • Buscar a satisfação dos clientes através do tratamento adequado às suas reclamações, estabelecendo processos que observem requisitos dos clientes e regulamentares, tendo como orientação básica a avaliação sistemática das reclamações, para identificação das causas fundamentais e busca constante da melhoria nos processos;
  • Criar relações de parcerias duradouras com fornecedores, que favoreçam o desenvolvimento de oportunidades de negócios futuros a ambas as partes;
  • Garantir um bom ambiente de trabalho de modo a proporcionar a nossos colaboradores a oportunidade de desenvolvimento profissional e pessoal, num ambiente de trabalho compatível com as exigências ao desempenho das pessoas e fomento à inovação;
  • Evoluir continuamente os processos e estrutura organizacional da empresa por meio da definição dos objetivos, medição e acompanhamento temporal, quantitativo e qualitativo, respeitando requisitos legais e regulatórios;
  • Assegurar o empenho da liderança no desenvolvimento do processo de qualidade, obtendo resultados positivos que correspondam ao retorno dos investimentos e sustentabilidade afim de assegurar a continuidade da empresa no mercado onde atua.

      5. Ativos Intangíveis

A EDP Brasil, em alinhamento às suas estratégias empresariais, considera que deve priorizar os ativos intangíveis que geram valor compartilhado e diferencial ao core business da organização, que são:

  • Capital Humano: resulta da Cultura EDP, das competências e conhecimentos técnicos do quadro de colaboradores e da satisfação dos trabalhadores na Companhia.
  • Capital Intelectual: conjunto de ativos intangíveis que diferenciam a Companhia no mercado e suportam a estratégia do negócio, como inovação e pesquisa & desenvolvimento.
  • Capital Social: resulta da reputação da marca, decorrente dos relacionamentos estabelecidos com clientes, fornecedores e comunidades.
  • Capital Natural: através da gestão dos recursos naturais e serviços ecossistêmicos os quais a empresa mantém relação de impacto ou dependência.

A empresa estabelece diretrizes e métodos para identificar, avaliar, proteger, desenvolver, gerenciar e mensurar esses ativos, visando a manutenção do conhecimento organizacional para a concretização da sua visão estratégica.